PM morto em Camaçari é enterrado em Alagoinhas

O cabo Renato Santana Medeiros atuava há 20 no 12º Batalhão. Foto: Reprodução Facebook

O policial militar Renato Santana Medeiros, 46 anos, foi enterrado no final da tarde desta terça-feira (6) no cemitério Jardim da Saudade, em Alagoinhas. O cabo morreu após ser baleado em um restaurante na Gleba C, durante assalto ao estabelecimento na última segunda-feira (4). Ele trabalhava há 20 anos no 12º Batalhão, era casado e deixa uma filha.

De acordo com a Polícia Militar (PM), Renato morava no bairro e estava de folga no dia do ocorrido. Ele levou cinco tiros ao reagir ao assalto e trocar tiros com os criminosos; foi socorrido para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), mas não resistiu aos ferimentos.

O restaurante onde ocorreu o assalto não tem câmeras de segurança. Sandálias dos assaltantes foram encontradas no local do crime. O caso é investigado em sigilo, segundo a Polícia Civil, e até o momento os suspeitos não foram identificados.

O cabo Renato Santana Medeiros é o oitavo policial militar morto na Bahia em 2019. Um estava de serviço, cinco de folga e dois da reserva.

CRUSH