Casal é sequestrado por homens encapuzados em Jauá

 

Os filhos de Rosenilda de Jesus Santos, 44 anos, e Silvano Souza dos Santos, 48, estão procurando pelos pais deste a sexta-feira (30), quando os dois foram retirados de casa por homens encapuzados e colocados à força dentro de um carro. Segundo os familiares, antes de entrar no veículo, Silvano foi baleado.

O crime aconteceu na Rua Água Doce, em Jauá, Costa de Camaçari. Era por volta das 23h quando o carro de vidros escuros, ainda não identificado, parou em frente à casa da família Santos. Os homens estavam armados e encapuzados quando invadiram o imóvel.

Segundo testemunhas, os quatro bandidos foram agressivos. Silvano reagiu e foi baleado. Os criminosos reviraram a casa antes de resolver levar o casal com eles. No local moram o marido, a mulher, dois filhos, e um neto. Um vizinho contou que ouviu os gritos.

“Mas a gente pensou que fosse uma briga. Quando aconteceu os disparos dos tiros foi que percebi que havia alguma coisa errada. Quando abri o portão os filhos já estavam na rua, pedindo socorro”, contou o homem que pediu para não ser identificado.

Os moradores disseram que Rosenilda e Silvano são bons vizinhos e que, por isso, ainda não entenderam o que aconteceu. O casal tem outro filho que mora no interior da Bahia e veio para Salvador para ajudar nas buscas. Ele contou que até o início da noite desta segunda-feira (2) os sequestradores não fizeram contato e que não há pistas do paradeiro do casal.

No sábado (31), um dia depois do sequestro, moradores bloquearam a BA-099 em protesto. Alguns deles contaram que dois dias antes outro vizinho foi vítima de um crime. O homem estava na porta de casa conversando com outro morador quando foi surpreendido e executado no meio da rua.

A titular da 26ª Delegacia Territorial de Vila de Abrantes, Danielle Monteiro, contou que está ouvindo testemunhas, mas não divulgou os detalhes para não atrapalhar as investigações. “Ouvimos algumas pessoas e estamos avançando na investigação, mas, por enquanto, nenhuma novidade”, afirmou.

Depois do sequestro, os filhos não estão mais dormindo na mesma casa e moradores contaram que o policiamento na região ficou mais intenso. Nesta segunda, um cartaz improvisado em papelão e pregado na janela da casa onde houve o crime pedia por justiça.
Em nota, a Polícia Militar informou que policiais da 59ª Companhia Independente (CIPM/ Vila de Abrantes) foram acionados, por volta das 23h30, para atender a uma ocorrência de sequestro na localidade de Jauá, em Camaçari.

“No local, a guarnição foi informada por populares que homens armados retiraram um casal de dentro de casa a força e colocaram dentro de um veículo, tomando destino ignorado. A guarnição realizou buscas na região, mas o casal não foi localizado. Os policiais levaram os parentes das vítimas para a 26ª delegacia, onde o caso foi registrado”, diz a nota.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do casal pode ajudar a polícia através do Disque Denúncia, nos telefones 3235-0000 ou 181. O sigilo é garantido.

CRUSH