Rui Costa não vai à inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista; “convenção político-partidária”

Por Camila São José

Foto: Reprodução Facebook

O Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista, será inaugurado nesta terça-feira (23) e a cerimônia não deve contar com a presença do governador da Bahia, Rui Costa (PT). Em vídeo publicado em suas redes sociais hoje, o petista afirma que não participará da inauguração, porque, na sua opinião, o evento se transformou em uma convenção político-partidária.

O evento contará com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL), a convite do governo estadual. “Exercitando a boa educação que aprendi, convidei o Governo Federal a se fazer presente no ato de inauguração, nesta grande festa. Infelizmente, confundiram a boa educação com covardia, e desde então, temos presenciado agressões ao povo do Nordeste e ao povo da Bahia”, comenta Rui Costa.

“A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso. Por isso, não vou comparecer à inauguração do aeroporto que o povo da Bahia construiu, que o Governo do Estado construiu. Porque entendo que o Brasil precisa de paz para crescer e para gerar emprego”, reitera o governador.

Ainda em vídeo, Rui lembra figuras políticas ligadas à sua base que auxiliaram na construção do aeroporto como o ex-governador e senador Jaques Wagner; ex-secretário de infraestrutura e também senador, Otto Alencar; a ex-presidente Dilma Rousseff, que assinou os dois convênios e o ex-governo Temer.

Leia também

Bolsonaro diz que não há constrangimento em visitar a Bahia