Grupo de mulheres pede a saída da banda Lambassaia do Camaforró

 

Perereca, Mulher psicopata, Bundada no chão são alguns dos hits da Lambassaia, banda que vem sendo duramente criticada pelo grupo Mulheres Unida de Camaçari. Recentemente o movimento pediu cancelamento da contratação e apresentação da banda no Camaforró.

A solicitação foi feita por meio de uma nota de repúdio, que cita como justificativa a Lei Estadual nº 12.573, de 11 de abril de 2012, mais conhecida como “lei antibaixaria”, que proíbe o uso de recursos públicos para contratação de artistas que, em suas músicas, desvalorizem, incentivem a violência ou exponham as mulheres a situação de constrangimento.

Conforme a nota, o movimento afirma que a banda carrega discurso de incentivo à violência nas letras das músicas e por ser uma festa prestigiada por toda família a diversão deve ser pacífica para manter a saúde física e mental.

Nota de Repúdio

“Nós do grupo Mulheres Unidas Camaçari Bahia, repudiamos a omissão institucional da prefeitura municipal de Camaçari Bahia pela suposta contratação (Consta na programação oficial) com dinheiro público artistas que em suas letras de músicas incentivam a violência contra as mulheres e as expõem ao constrangimento conforme a Lei Estadual 12.573/2012.

O grupo Mulheres Unidas é um movimento social combativo e de luta pela causa das mulheres, crianças e adolescentes etnias, minorias.

A festa cultural do São João ” Camaforró” é um evento para toda família onde crianças e jovens juntamente com seus responsáveis se fazem presentes para prestigiarem a diversão que deve ser pacífica para manter a saúde física e mental.

Conforme o artigo 4° do ECA, que estão em fase de desenvolvimento. Onde resguardamos a integridade; pois as músicas incentivam o ato sexual precoce e violento, Bullying e abuso físico, sexual e emocional da mulher. As autoridades competentes já foram acionadas e solicitamos o cancelamento da contratação e apresentação da banda Lambasaia no Camaforró”.

O que diz a banda

Em nota, a banda Lambasaia negou que suas letras deprecia as mulheres. “A Lambasaia surgiu pra levar alegria e fazer as pessoas mexerem o corpo. Nosso ritmo é envolvente, dançante e as pessoas têm abraçado nossa proposta. Estamos muito felizes com essa repercussão. Ao contrário do que foi dito, jamais iríamos expor ou denegrir a imagem da mulher. Somos filhos, acima de tudo. A nossa música é o grande barato. A Lambasaia é pura alegria.

Fonte: Redação Nossa Metrópole