Projeto Casinha da Leitura será lançado no Centro Comercial na sexta (31)

Contribuir para a ampliação do direito à leitura e promover condições de acesso a sua prática é a finalidade do Programa Vamos Ler Camaçari, desenvolvido pela Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Cultura (Secult), que lança na próxima sexta-feira (31/5), às 10h, no Centro Comercial, a primeira unidade do Projeto Casinha da Leitura, uma estante de madeira com formato de uma casa e capacidade para até 300 livros, entre os de literatura e científicos. Agora a feira, além de espaço de compras, se torna também área de lazer, entretenimento e de fomento à cultura.

A estrutura ficará localizada em frente à antiga instalação da Cesta do Povo e a ideia é que as pessoas escolham um livro, leve consigo e após a leitura o deposite de volta na estante para que mais pessoas possam lê-los. A Secult lembra que o espaço é de uso coletivo e é de fundamental importância que a população cuide do ambiente e dos livros com carinho e zelo, permitindo assim que mais indivíduos se beneficiem da ação.

O projeto, que é realizado por meio de parceria entre o poder público e a iniciativa privada, em mais 30 dias deve alcançar outros espaços de grande fluxo de pessoas, haja vista que a proposta é democratizar o acesso ao livro, atendendo assim demandas de leitores da cidade e contribuindo para formação de novos. O Casinha da Leitura pode ser implantado em lugares públicos e particulares a exemplo de escolas, secretarias, hospitais, bancos, casas da terceira idade, dentre outros.

O projeto integra o Programa Vamos Ler Camaçari, instituído pela Secult para atender as finalidades da Lei Municipal nº 1195/2011, que criou a Política Municipal do Livro e da Leitura. Os cidadãos que tenham interesse em contribuir com a implantação de mais uma unidade pode entrar em contato através do número (71) 3644-9819. Já quem pretende doar livros, basta levar até a “casinha”, preencher uma ficha disponível no local e depositar os exemplares na estante. Outra forma é deixá-los na Biblioteca Jorge Amado, localizado na Cidade do Saber.

CRUSH