Cimatec Industrial deve ser inaugurado em Julho, em Camaçari

A manhã desta sexta-feira (17/5) foi marcada por visita ao Cimatec Industrial, localizado na Via Atlântica (BA-530), mais conhecida como Estrada da Cetrel. A estada no local foi feita pelos gestores da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur), Genival Seixas, e da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT) do município, coronel Alfredo Castro, pela subsecretária do Turismo, Lúcia Bichara, e por técnicos das secretarias e da autarquia.

A passagem pelo local teve como objetivo acompanhar o andamento das obras da primeira fase do projeto, que se encontra em estágio final e tem previsão de entrar em operação a partir de julho. O responsável pela STT, Coronel Castro, destacou que o desenvolvimento está alinhado com a mobilidade.

“Não podemos contar com um empreendimento dessa magnitude e não oferecer as condições necessárias de acesso a ele. E por isso estamos aqui, para tirar as dúvidas, colocar sugestões e entender como vai funcionar o fluxo de pessoas no local”, disse o coronel ao explicar que para chegar ao local os indivíduos precisam contar com linhas de ônibus, bem como abrigo para aguardar o transporte.

“Saio daqui esperançoso, motivado e cheio de alegria porque entendo que esse é um empreendimento diferenciado, que representa um ‘pool’ de inovações tecnológicas, e esse é o caminho pro futuro”, disse o secretário Genival Seixas, ao pontuar que a sua vinda ao Cimatec Industrial tem o propósito de avaliar e ver a estrutura de perto.

“Esse é mais um momento de reconhecimento. Em breve, profissionais da Sedur virão para uma vistoria técnica, momento em que observarão com mais riqueza de detalhes as estruturas e instalações, para com base no levantamento emitir o Habite-se, liberando assim a operação do empreendimento. Estamos ansiosos para que aconteça o quanto antes”, finalizou o gestor da pasta.

Toda a visita foi guiada pelo diretor adjunto de Tecnologia e Inovação do Senai Cimatec, Luis Breda, e o engenheiro responsável pela obra, Marcelo Pio Mororo.

 

Cimatec Industrial

O equipamento será implantado em cinco etapas em uma área total de quatro milhões de metros quadrados. A primeira, já em fase final de implantação, será composta por 11 prédios distribuídos em uma área de 50 mil metros quadrados. O Cimatec Industrial foi desenvolvido para ampliar os limites da infraestrutura do Senai Cimatec.

O complexo tecnológico e industrial vai contar com laboratórios avançados, grandes usinas piloto, áreas de segurança para testes e operações de risco e até uma pista de teste do setor automotivo. O projeto terá infraestrutura diferenciada no país para atender as necessidades dos segmentos de energia eólica, mecânica, naval e offshore, automotiva, elétrica, construção civil, química, petroquímica e biotecnologia, farmacêutica, celulose e papel e petróleo e gás.

Foto: Kelvi Lima

CRUSH