Prefeitura de Lauro de Freitas decreta situação de emergência por 90 dias

As fortes chuvas que começaram na sexta-feira, 10, e continuaram no sábado, 11, deixaram um rastro de destruição e transtornos em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS). A prefeitura decretou situação de emergência no município por 90 dias. De acordo com a Defesa Civil, em 72 horas choveu 206 milímetros.

A cidade amanheceu com ruas alagadas e engarrafamentos. Em alguns locais as pessoas foram resgatadas de barco e moto aquática.

De acordo com a prefeitura, mais de 370 pessoas ficaram desalojadas e estão abrigadas em escolas e templos religiosos. Ocorreram queda de árvores e de muros, deslizamento de terra, alagamentos de vias e destelhamento de casas. Portão foi o bairro mais atingido. Cerca de 300 pessoas foram retiradas de suas casas às margens do Córrego dos Irmãos e abrigadas na Escola Cadetes Mirins. Colchões, lençóis, água e alimentos foram distribuídos aos abrigados.

Fonte: A Tarde