Fabricante de embalagens de vidro mexicana vai gerar 2 mil vagas de empregos em Camaçari

A empresa mexicana Vitro, fabricante de embalagens de vidro para o segmento de cosméticos, perfumaria e bebidas, vai investir cerca de R$ 400 milhões para implantar uma fábrica em Camaçari. Esta será a primeira unidade da Vitro na América do Sul.

Fundada em 1909 em Monterrey, no México, a Vitro, é uma das principais fabricantes de vidro do mundo, a mais importante do Hemisfério Ocidental e produtora de vidro de alta qualidade no México. Com subsidiárias em todas as Américas, Europa e Ásia, a Vitro produz, processa, distribui e comercializa uma ampla gama de produtos de vidro que fazem parte do dia a dia de milhões de pessoas em todo o mundo.

O empreendimento será construído em uma área de 92 mil metros quadrados, na BA-535, Via Parafuso. De acordo com o gerente de projetos da Vitro, Álvaro Pinho Sotto Maior, a empresa deve começar as obras no prazo de 6 meses. A previsão é de que a fábrica esteja operando em um prazo máximo de 1 ano e meio, após o início da construção.

Além disso, a expectativa é que durante o processo de implantação da planta industrial a empresa gere, aproximadamente, 2 mil vagas de emprego no município. Quando entrar em operação, a Vitro deverá ofertar 600 oportunidades para atuação no setor de produção da fábrica.

Segundo o superintendente de Desenvolvimento Econômico da SICM, Paulo Guimarães, o estado foi escolhido por oferecer matérias-primas para a produção do vidro, a exemplo da reserva de sílica de alta pureza em Santa Maria Eterna, distrito de Belmonte, na região sul, além do mercado crescente na Bahia, no setor de cosméticos como a fábrica do Grupo Boticário, os Centros de Distribuição da Avon e da Natura, e dos complexos de bebidas em Camaçari, Dias D’Ávila e Alagoinhas.

De acordo com o diretor de projetos especiais da Vitro, Ricardo Maiz, o grupo acredita que, além de atender o mercado existente, haverá a criação de mais demandas com a fábrica de frascos de vidro. “Sabemos que a Bahia tem muito potencial de crescimento econômico e alguns dos nossos clientes têm interesse em se instalar aqui, o que pode ser viabilizado com a implantação da Vitro”, afirmou o executivo.

Redação Nossa Metrópole

Jorge