Primeira audiência do caso Eva Luana, acontece nesta terça-feira (16), em Camaçari

Dois meses após a denúncia da jovem Eva Luana, contra o padrasto Thiago Alves, ocorre a primeira audiência sobre o caso. Em fevereiro deste ano, a estudante de direito utilizou seu perfil em uma rede social para tornar pública a triste história de abusos, torturas e violências às quais foi submetida pelo padrasto por quase uma década.


A audiência ocorre no Fórum Clemente Mariani com a previsão de que, pelo menos, 14 testemunhas sejam ouvidas, além da vítima e do suspeito. Thiago Oliveira continua preso no Complexo Penitenciário da mata Escura, em Salvador, acusado de cometer 10 crimes, entre eles, abuso sexual, cárcere privado e violência psicológica.

Redação Nossa Metrópole