II Feira de Empreendedorismo atrai o empresariado

Em alusão ao mês da mulher, o Sindicato do Comércio Patronal de Camaçari e Região (Sicomércio) realizou, na sexta-feira (22/03), a 2ª edição da Feira de Empreendedorismo e Empoderamento Feminino, no complexo da Casa do Trabalho, centro da cidade. A ação ocorreu o dia todo e contou com grande público do município e região metropolitana.

 

Em parceria com a Prefeitura de Camaçari, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social do Comércio (Sesc), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL-BA), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e apoio de outras potenciais empresas de Camaçari, a Feira envolveu, esse ano, 70 expositores, dos ramos de artesanato, clínica médica, educação, moda, confecção, gastronomia, saúde e bem-estar e joias e semijoias.

 

Pioneira na Bahia, a Feira de Empreendedorismo e Empoderamento Feminino traz uma proposta e roupagem diversificada. “Camaçari saiu na linha de frente em trazer um projeto que abarca todas as esferas potencializadas para ampliar o desenvolvimento profissional e pessoal da mulher empreendedora. O próximo passo é levarmos a Feira para a capital baiana”, declarou Juranildes Araújo, presidente do Sicomércio.

Para a auxiliar administrativa Danuza Melo, foi recompensador visitar a Feira. “Tirei uma horinha do meu dia pra conferir o evento e saio daqui energizada de conhecimento e revigorada com a terapia de relaxamento que fiz, gratuitamente”, disse Danuza sobre o tratamento de ventosaterapia que fez no setor de saúde, com o fisioterapeuta Douglas Ferraz.

Medição de pressão e glicemia foram outros serviços ofertados à população. “Os organizadores estão de parabéns pela estrutura e atendimento disponibilizado. Logo na entrada, aproveitei pra cuidar da saúde”, agradeceu João Morais, pedreiro, que fez os dois procedimentos.

Na área de gastronomia, a profissional autônoma Cleuza Assis comercializou doces e geladinhos gourmet. “Trabalho com esses produtos a 1 ano e meio e gostei da ampla divulgação da minha marca, através dos contatos profissionais que estou obtendo”, afirmou Cleuza.

Durante todo o dia, o público pode conferir uma série de palestras que trataram sobre temas diversos abrangendo o universo feminino. “Ofertamos oficinas de beleza, gastronomia, empoderamento, violência contra a mulher e saúde. Foi um evento fantástico e já estamos na expectativa para o próximo ano”, salientou Delma Santana, gerente do Senac Camaçari. Além disso, centenas de brindes foram sorteados aos visitantes da Feira.

O setor de artesanato ficou no auditório principal da Casa do Trabalho e o que se viu foi um show de arte e colorido, através da exposição dos produtos das artesãs da sede e costa de Camaçari. Cerâmicas, pinturas, telas, roupas, bijuterias… tudo feito à mão e com talento de encher de olhos. “O mais importante é conhecermos outras empreendedoras e trocarmos ideias para deslancharmos melhor. Me sinto especial por contribuir com outras mulheres que estão iniciando no mundo da arte”, enfatizou Silvia Russo, experiente artista plástica do município.

Atuante no mercado de biojóias, Martalice Moreira também apresentou suas peças. “Aqui é um verdadeiro trabalho conjunto de valorização profissional e enriquecimento de networking”, destacou a microempreendedora. No mesmo sentido, afirmou a artesã de bonecas de pano, Sônia Cairo, que participou das duas edições da Feira. “Além de comercializar minhas peças, o evento chama a atenção sobre o grande potencial que a cidade dispõe quando o assunto é arte de alta qualidade”, destacou Sônia.

Desfile de Moda Mãos que Criam

O ponto alto do evento foi a realização da 3ª edição de moda artesã Mãos que Criam, organizado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec), através da Coordenação de Economia Solidária (Ecosol). “Promovemos o desfile nesta Feira, pela relevante importância social e econômica a que se destina. Hoje, reunimos 25 artesãs, sendo algumas delas ceramistas, para divulgarmos que moda também se faz com artesanato”, explicou a coordenadora da pasta da Ecosol, Sineide Lopes.

Na ocasião, a artesã Aria Conceição fez questão dela mesma desfilar na passarela a suas peças. “Trabalho há 12 anos com roupas feitas de crochê e tenho muito orgulho de desfilar minhas próprias obras-primas”, disse a artesã, que vestiu um traje moda praia. Quem também gostou e participou do desfile foi a subsecretária de Relações Institucionais (Serin), Janete Ferreira. “Temos artesãs maravilhosas em Camaçari, que já divulgam suas peças na Europa. É necessário que levantemos essa bandeira para valorizar essas profissionais que detém de vocação ímpar”, afirmou Janete.

Após o desfile, foi apresentada uma aula show de zumba e fitdance para fechar com chave de ouro o evento. “A Feira foi nota mil, contou com a participação massiva da população, e já deixou saudade para próxima edição, que promete reunir muitos outros benefícios e qualificações”, agradeceu Manuelina Ferreira, membro da organização do evento e presidente da Câmara da Mulher Empresária de Camaçari.

Sindicato_ford