Prefeitura_Escola

Polícia

seg , 11/03/2019 às 14:25

Fisioterapeuta sobrevive a 69 facadas a mando de ex

Ainda se recuperando dos traumas físicos e emocionais após sobreviver a 69 facadas, a fisioterapeuta Isabela Oliveira Conde, 36 anos, não tem dúvida de que o namorado já tinha intenção de matá-la há tempos. “Ele já planejava minha morte. Dias antes, um rapaz entregou a ele R$ 500 referente ao aluguel dos meus imóveis. Perguntei sobre o dinheiro, ele negou que tivesse recebido. Acredito que ele pegou o valor para juntar para pagar os caras para me matarem”, declarou.

Foto: Acervo pessoal

Isabela disse que o episódio dos R$ 500 que não recebeu aconteceu quando intensificou o posicionamento de dar fim à relação desgastada pelos ciúmes por parte do então namorado Fábio Barbosa Vieira, 37, preso como mandante do crime. “Ele já sentia que eu ia terminar. Eu já vinha falando há meses. Mas em uma semana, ele percebeu que intensifiquei a minha diferença. Ele diz: ‘Você está diferente?’. ‘Por que você está assim, diferente? Não gosta mais de mim?’ Era isso todos os dias”, contou Isabela.

No dia 28 de fevereiro, Isabela nasceu novamente. A fisioterapeuta foi vítima de um plano maquiavélico, cujo objetivo era sua morte. Ao mesmo tempo que era esmurrada, era esfaqueada por dois homens contratados por Fábio – cada um recebeu R$ 500 para executá-la. Para o azar deles, ela sobreviveu depois de ter se fingido de morta. Foi jogada num matagal às margens da BR-324, como um corpo desovado. Ela se arrastou na vegetação e foi socorrida por populares. No Hospital do Subúrbio, Isabela contou tudo e Fábio foi preso.

Nesse final de semana, Fábio foi encaminhado para o Complexo Penitenciário da Mata Escura. “O que aconteceu comigo poderá acontecer com outras mulheres, caso não tomem cuidado. Façam o que fiz. Abri minha vida para ele. Disse o quanto ganhava, ele sabia que tinha imóveis, carro. Hoje, peço às mulheres que preservem certas informações de suas vidas. A gente não sabe com quem, de fato, a gente está se relacionando”, declarou Isabela.

Agora, a polícia está à caça dos dois outros envolvidos na tentativa de feminicídio. São dois moradores do bairro de Santa Cruz que espancaram e esfaquearam Isabela. “Fábio já está preso e espero que ele cumpra toda a pena. Faltam ainda outros dois monstros. Espero por justiça. Que a polícia pegue eles. São pessoas frias, não têm amor por ninguém, matam por qualquer coisa, são pessoas demoníacas”, disse.

Fonte: Correio 24h

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias