Camaçari sofre junto com Eva Luana e clama por justiça em campanhas nas redes sociais e com atos de manifestação pública

Uma história avassaladora, aterrorizante, capaz de nos fazer questionar até que ponto a raça humana ainda pode ser considerada “humana”, e em qual nível de atrocidade o “ser” ainda é capaz de chegar. Assim é o caso da jovem camaçariense, Eva Luana. Com grande repercussão nacional, a história dessa menina tem alcançado pessoas do mundo inteiro, que se sensibilizam e compartilham de um mesmo sentimento: justiça.

Camaçari está unida em solidariedade à Eva Luana

Por todos os cantos de Camaçari, ecoa o mesmo clamor. Todos querem justiça, colaborar para que, de alguma forma, a dor de Eva seja amenizada. Desde que tomou ciência do caso, a cidade inteira tem se unido. Uma multidão de pessoas solidárias clamando por justiça. Nas redes sociais, já são incontáveis as manifestações e campanhas de apoio e solidariedade. Além disso, diversos grupos já estão se mobilizando para realizar movimentos públicos em defesa de Eva. O primeiro deles acontece nesta sexta-feira (22). Organizada pelo Coletivo de Estudantes da Faculdade Metropolitana de Camaçari (Famec), a marcha sairá da frente da faculdade em direção à Praça Desembargador Montenegro.

Redação Nossa Metrópole