Mestres da Cultura Popular recebem prêmio de R$ 10 mil

A primeira edição do Prêmio Mestras e Mestres da Cultura Popular de Camaçari, contemplou 30 importantes nomes da sociedade local que contribuem para manutenção das tradições, disseminação e transmissão de saberes, celebrações e formas de expressões que compõem o patrimônio cultural imaterial do município em toda sua diversidade, na noite dessa terça-feira (19/2), no Teatro Cidade do Saber.

Os premiados receberam o valor R$10 mil, totalizando um investimento na ordem de R$ 300 mil, provenientes do Fundo Municipal de Cultura. (Foto Kelvi Lima)

Para os vencedores, o Prêmio representa uma espécie de reparação à arte e um gesto de retribuição por anos de dedicação ao ofício e, sobretudo de acolhimento e manutenção da cultura popular.

Para Mãe Rose de Oxum do Terreiro Yle Axe Ominade, que fica em Monte Gordo, o sentimento era de satisfação e gratidão. “Tenho 25 anos de orixá vivenciados e me sinto feliz e realizada, pois isso é fruto de uma luta e representa uma importante conquista para todos nós, que há muito pedimos respeito e reconhecimento”, declarou.

O presidente do Conselho, Tata Ricardo, ressaltou que a iniciativa é mais que justa. “É uma forma de reconhecer e reparar uma história que foi negada há séculos a homens e mulheres que dedicam sua vida e sua história ao cuidado e acolhimento das pessoas, bem como à promoção e manutenção da cultura”, pontuou.

Redação Nossa Metrópole