Após crise com excesso de multas, Coronel Castro busca reconstruir imagem da STT

Com o lema “Educar para não Multar”, o coronel Alfredo Castro, nomeado no início de janeiro como novo Superintendente de Trânsito e Transporte Público (STT) de Camaçari, lançou a primeira campanha educativa que visa intensificar a educação dos camaçarienses no trânsito, através de sinalização, alertas e diálogo.


Após um período crítico e de grande insatisfação, marcado por muitas reclamações dos condutores em relação às multas que estavam sendo aplicadas pela STT, o superintendente espera construir um novo tipo de relação com os condutores de maneira que, quando necessárias, as multas sejam aplicadas de forma contundente sem deixar dúvidas quanto a sua aplicação.

Assumindo o compromisso determinado pelo prefeito Elinaldo Araújo quanto à redução de multas e conscientização dos motoristas, Castro declara que pretende integrar a sociedade nas decisões da STT de maneira que as pessoas compreendam que elas próprias têm o papel de fazer um trânsito melhor. “As pessoas precisam se conscientizar de que o trânsito é feito por elas. Então a campanha educativa que estamos realizando junto à Prefeitura de Camaçari tem como objetivo a mudança de atitude e a interação entre os agentes de trânsito da STT, que estão orientando e cuidando para garantir o cumprimento da legislação, envolvendo toda a sociedade, propondo, também, uma reflexão em todos”, diz.

Para além das recentes mudanças no tráfego da sede do município, o coronel destaca que ainda é preciso fazer diversas adequações no trânsito e transporte de Camaçari, por isso, a importância de que exista uma integração entre a secretaria e a população. “Dando seguimento a essa proposta, estamos preparando oficinas lúdicas ao público interno e externo, programas nas rádios locais, dentre outras ações educativas que acontecerão de forma contínua”, finaliza.

Por Elba Coelho / Redação Nossa Metrópole

Bibi Gourmet