Banner_dengue

Economia

qui , 27/12/2018 às 14:24

Prefeitura de Camaçari paga 13º salário de funcionários. Valor chega a R$ 79 milhões injetados na economia local

Emprego

A Prefeitura de Camaçari encerra o ano de 2018 com as contas em dias. Pelos menos, quando se refere aos funcionários. Cerca de R$ 79 milhões foram injetados na economia local, graças ao pagamento de pouco mais de R$ 64 milhões aos servidores municipais ativos, distribuídos entre o salário de dezembro, a segunda parcela do 13º e o pagamento de passivos para aqueles que tinham pendências desde 2012. Além disso, cerca de R$15 milhões foram pagos aos inativos (aposentados), entre salário de dezembro e 13º.

“Nós estamos fechando o ano com um saldo muito positivo. Tivemos um intenso trabalho de reequipamento das secretarias a fim de melhorar o atendimento e o desempenho nos setores e cumprimos o compromisso de pagamento de salários, 13º e ainda de atrasados de servidores que tinham pendências há mais de seis anos”, enfatizou o secretário de Administração, Helder Almeida.

Os passivos pagos fazem parte de um acordo da Prefeitura com os sindicatos de classe, para que fosse efetuado o pagamento de servidores que estavam com pendências desde 2012. Eram pagamentos de diferença de promoção, adicional de tempo de serviço, insalubridade, progressão, dentre outros. Os valores foram parcelados em 4 vezes, tendo iniciado em setembro e finalizado neste mês de dezembro.

Os proventos realizados foram um esforço conjunto da Secretaria de Administração (Secad) e da Secretaria da Fazenda (Sefaz). Ainda foram pagos cerca de R$ 900 mil, somente em dezembro, aos funcionários da Limpeza Pública de Camaçari (Limpec) e R$ 800 mil aos da Superintendência de Trânsito e Transporte (STT), entre salários e segunda parcela do 13º.

Além disso, a Prefeitura também teve a aprovação, na Câmara Municipal, de projetos que preveem o reajuste do auxílio alimentação do servidor e ampliação do pagamento, de 10%, realizado para professores de escolas da zona rural, que agora passam a ser consideradas como área de difícil acesso e contemplará não só professores como servidores não docentes. A regularização do auxílio transporte também foi apreciada e aprovada na Casa Legislativa.

Foto: Arquivo

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias