Comfiaço-tramontina

Emprego

qua , 24/10/2018 às 15:55

No melhor mês de setembro desde 2010, Bahia cria 8.509 vagas formais de trabalho

A Bahia abriu 8.509 postos de trabalho com registro em carteira em setembro de 2018, uma ampliação de 0,51% em relação ao montante existente no estoque do mês anterior, de acordo com as informações divulgadas, nesta terça-feira (23), pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

 

O resultado positivo decorreu da diferença entre 48.969 admissões e 40.460 desligamentos. O saldo para o estado da Bahia, em setembro de 2018, foi o maior desde o ano de 2010 (na comparação com o mesmo mês). O resultado, superior ao do mesmo período do ano anterior (+2.297 postos), também superou o registrado no mês de agosto de 2018 (+4.864 postos).

Na Região Metropolitana de Salvador, em setembro, foram criados 5.440 postos de trabalho no nono mês do ano, enquanto que no interior foram geradas 3.069 posições celetistas.

Conforme o Caged, setorialmente, em setembro, sete das oito áreas contabilizaram saldos positivos: Serviços (+4.231 postos), Construção Civil (+2.155 postos), Comércio (+1.215 postos), Indústria de Transformação (+1.086 postos), Extrativa Mineral (+152 postos), Administração Pública (+58 postos) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (+35 postos). Por outro lado, Agropecuária (-423 postos) fechou posições de trabalho com carteira assinada.

No acumulado do ano de 2018, ainda de acordo com o levantamento, o estado alcançou saldo positivo de 36.974 postos. A RMS gerou 8.329 postos e o interior criou 28.645 postos de trabalho com carteira assinada.

Sete setores de atividade registraram saldos positivos: Serviços (+19.089 postos), Agropecuária (+7.922 postos), Indústria de Transformação (+4.882 postos), Construção Civil (+4.016 postos), Administração Pública (+1.913 postos), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+1.322 postos) e Extrativa Mineral (+876 postos). Em contrapartida, Comércio (-3.046 postos) apresentou saldo negativo.

Análise regional
Em setembro de 2018, em relação ao saldo de postos de trabalho com carteira assinada, a Bahia ocupou a terceira posição entre os estados nordestinos e a quinta entre todos os estados do país.

No Nordeste, todos os estados apresentaram saldo positivo no mês: Pernambuco (+21.414 postos), Alagoas (+15.179 postos), Bahia (+8.509 postos), Ceará (+6.355 postos), Sergipe (+3.963 postos), Paraíba (+2.083 postos), Maranhão (+1.729 postos), Rio Grande do Norte (+1.726 postos) e Piauí (+1.219 postos).

Com relação ao acumulado do ano, a Bahia ocupa a sétima posição no país e a primeira na região nordestina quanto à geração de empregos.

No Nordeste, sete estados totalizaram saldos positivos desde janeiro: Bahia (+36.974 postos), Ceará (+21.918 postos), Pernambuco (+14.560 postos), Maranhão (+11.251 postos), Piauí (+5.285 postos), Paraíba (+4.989 postos) e Rio Grande do Norte (+3.482 postos). Por outro lado, dois estados nordestinos tiveram acumulados negativos: Alagoas (-3.738 postos) e Sergipe (-149 postos).

Fonte: G1

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias