Comfiaço-tramontina

Política

qua , 17/10/2018 às 17:04

Bolsonaro admite que pode faltar a debates por ‘estratégia’

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) disse nesta quarta-feira, 17, que irá aguardar a avaliação dos médicos, marcada para a quinta, 18, para decidir se irá participar de debates visando o segundo turno. O presidenciável, contudo, admitiu que pode deixar de comparecer a encontros com candidato Fernando Haddad (PT), mesmo se for liberado pela equipe médica. “Tudo na política é estratégia”, declarou.

Ao deixar a sede da Polícia Federal no Centro do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro afirmou que não está fazendo “papel de vítima”. “Eu levei uma facada, não foi… Não era rinite, igual o Haddad teve e ficou sete dias sem ir (à prefeitura) de São Paulo. Perdi dois litros de sangue, cortou o intestino grosso, fezes se espalharam por todo meu organismo. Fui submetido a uma segunda cirurgia no dia 12, que começou às 9 horas da noite e terminou às 5 horas da manhã. Não foi uma brincadeira. Eu perdi 15 quilos, foi um atentado”, declarou ele.

Depois, o candidato admitiu que sua eventual ausência também pode passar por uma decisão de campanha. “Vou debater com um poste, com um cara que é um pau mandado do Lula? Tenha santa paciência”, disparou. “Tudo na política é estratégia. O Lula não compareceu ao debate, o último da Rede Globo, em 2006 se não me engano. Entra tudo no meio, eu decido em equipe”.

Fonte: A Tarde

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias