Prefeitura_Novo_PA

Na Mídia

ter , 04/09/2018 às 14:11

The Voice Brasil: Batalha dos Técnicos começa nesta terça (4)

A partir desta terça-feira (4), às 22h52, começa uma nova fase no The Voice Brasil, reality musical da Globo/TV Bahia: a Batalha dos Técnicos. A etapa, que envolve batalhas especiais, também terá shows ao vivo. Agora, a disputa deixa de ser entre candidatos do mesmo time e passa a ser entre cantores de times adversários.

 

Ainda restam nove candidatos de cada time. Um sorteio será feito ainda hoje para descobrir qual técnico começa escolhendo seu opositor. A partir daí, os técnicos Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Lulu Santos e Michel Teló escolhem quem de seu time irá duelar com a equipe adversária. Nesta fase, a decisão fica totalmente nas mãos do público.

“O público é o quinto técnico e o mais importante. Está em vantagem porque tem a maior quantidade de ouvidos abertos, além do fato de que os artistas estão sendo trabalhados para ele”, pontua Brown. Para ele, o programa tem dois grandes sentidos: o de deixar os artistas o mais confortável possível, e de fortalecer o seu aprendizado. “O que mais queremos é mostrar um grande show e o melhor do nosso trabalho para o público”, completa.

O que ele mais gosta do programa são dos desafios.

“Gosto de dar oportunidade, de pegar aquela voz que não é a perfeita em tudo, mas tem uma emoção gigantesca e que, ao longo do programa, vai se aperfeiçoando, crescendo”, afirma.

Independente do resultado da competição, o baiano diz estar muito confiante. “Ganhar significa a oportunidade de estar ali. Eu nunca fico na ideia do ‘já ganhou’, porque eu preciso de um artista que, mesmo que não leve o troféu, leve a confiança de que ele é vitorioso. Artistas que passam por meu time têm se revelado como grandes artistas da música popular brasileira. Não foi Rafa Gomes que ganhou o The Voice Kids, mas ela tem uma aparição importante e a continuidade do seu trabalho me traz o orgulho de saber que ela foi do meu time. Não foi Lucy Alves que ganhou, mas ela é atriz, musicista, ela está no mundo inteiro promovendo o seu trabalho. Ganhei o primeiro The Voice com Ellen Oléria e olha aí quem é Ellen Oléria”, exemplifica.

 

Assim como Brown, Ivete ‘apadrinha’ quem passa pelo reality. Alguns artistas mirins, por exemplo, participaram do último DVD dela, em Trancoso. Nessa temporada, ela já falou algumas vezes que quer fazer parcerias com os candidatos. “A gente não ensina, a gente troca informação. Porque o que se aprende com eles é muito mais do que se ensina. Isso é o que eu mais gosto nessa função de técnica, além do imenso prazer que é estar naquela cadeira assistindo a grandes espetáculos. Tenho a sorte de poder compartilhar com eles esses momentos, sonhos e o aprendizado que é muito grande e mútuo”, diz a baiana, que entrou no The Voice ano passado. De janeiro a abril, Ivete foi jurada da versão Kids; depois participou da sexta temporada do adulto de setembro a dezembro.

Ivete, inclusive, é uma das técnicas que mais demonstra suas emoções no palco do programa – puxa coro, faz caras e bocas e é dona da maior parte dos memes nas redes sociais. “A coisa mais difícil pra gente é tentar separar um pouco a condição da emoção. A gente se envolve com os candidatos, com a história de cada um e precisa ter o discernimento técnico sobre a apresentação”, explica. Ao mesmo tempo, é a mesma emoção que a guia enquanto técnica: “A emoção que nos faz manter aquele candidato no time. A gente vai muito por eliminação do que qualquer outra coisa, então é a maneira como o artista canta, é a desenvoltura dele diante daquela música, a interpretação e como o artista nos toca através de todo esse funcionamento da apresentação”.

 

A atração registrou, desde sua estreia, uma média de 24 pontos de audiência em Salvador e 50% de share. Ou seja, metade dos aparelhos ligados às terças e quintas de noite na capital baiana estão assistindo ao The Voice.

 

Representantes baianos

Quatro artistas representantes da Bahia seguem na atração: Cristiane Santos, 19 anos, David Nascimento, 25, e Lia Gondim, 36, do Time Brown; e Edson Carlos, 32, do Time Ivete. Veja mais sobre eles.

Cristiane Santos: Nascida em Sítio do Quinto, a cerca de 405 km de Salvador, a cantora de 19 anos vive de música e hoje mora em São Vicente, São Paulo. É vocalista de uma banda que leva seu nome. Ela faz parte do Time Brown.

David Nascimento: Baiano de Itabuna, que fica a 435 km da capital baiana, o cantor de 25 anos é pai e apaixonado por música. Bastante eclético, ele dedica-se à carreira de cantor há apenas três anos. Ele está no Time Brown.

Edson Carlos: O músico de 32 anos é capixaba, da cidade de Vitória, porém reside em Una, litoral sul da Bahia. Lá, ele mora na zona rural. Além da voz, Edson conquistou os jurados pela sinceridade. Ele é do time de Ivete Sangalo.

Lia Gondim: Soteropolitana e moradora do bairro da Federação, Lia virou duas cadeiras na sua estreia no programa. Lulu e Brown disputaram pela professora de música, que tem 36 anos. Ela escolheu seu grande ídolo, Brown.

Fonte: A Tarde

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias