Bibi Gourmet

Esporte

seg , 06/08/2018 às 08:54

Bahia empata com o Flu no Maracanã e amplia série invicta

Não foi bem o resultado que a torcida tricolor queria, mas o Bahia arrancou um empate por 1×1 contra o Fluminense, na noite deste domingo (5), no Maracanã, e ampliou a série invicta para seis jogos. Edigar Junio foi o herói do Esquadrão, depois que Pedro abriu o placar ainda no primeiro tempo. O resultado manteve o Bahia fora da zona de rebaixamento, em 15ª lugar, com 18 pontos.

Com a proposta de fazer pressão na saída de bola do Fluminense, o Bahia não demorou muito para criar boas chances. No primeiro minuto de jogo, Zé Rafael ganhou de Gum na marcação e chutou cruzado. Edigar Junio chegou atrasado e perdeu a oportunidade de abrir o placar.

Aos 16 minutos, foi a vez de Vinícius receber passe de Zé Rafael e mandar chute forte, assustando o goleiro Júlio César. Dois minutos depois, Gregore desceu em rápido contra-ataque e tentou achar Gilberto na área, mas a defesa do Fluminense chegou primeiro e conseguiu cortar.

O gol do Bahia parecia questão de tempo, mas só parecia. Na primeira vez em que levou perigo ao goleiro Anderson, o time carioca abriu o placar. Aos 20 minutos, Matheus Alessandro fez a jogada na esquerda e tocou para Pedro na entrada da área. O camisa 9 mandou chute forte e marcou o seu 10º gol no Brasileirão, se isolando na artilharia da competição.

Apesar do banho de água fria, o Bahia seguiu melhor na primeira etapa. O empate quase veio na cabeçada forte de Vinícius na pequena área. Já os 27 minutos, foi a vez de Zé Rafael emendar o passe de peito de Bruno com chute forte e obrigar Júlio César a fazer grande defesa. Seria um golaço.

Reação tricolor
Apesar do prejuízo no placar, o Bahia voltou para o segundo tempo sem alterações. O panorama nos primeiros minutos seguiu o mesmo, com o tricolor criando boas chances, mas sem conseguir vazar as redes adversárias. Aos três minutos, Gilberto acionou Bruno no lado direito. O lateral cruzou na cabeça de Elton que testou bem, mas viu a bola ir para fora.

Do outro lado, o Fluminense pouco assustava o Bahia. O time carioca só chegava ao gol de Anderson em jogadas de bola parada. Aos 19 minutos, o Bahia voltou a criar outra boa chance. Na jogada de contra-ataque, Vinícius achou Zé Rafael livre no meio-campo. O camisa 10 desceu em velocidade, mas, na hora de concluir a jogada, tentou devolver para Vinícius e viu a defesa cortar o perigo.

Na sequência, Gilberto recebeu cruzamento de Paulinho na pequena área, mas demorou para definir e Airton conseguiu cortar. Em busca de uma reação, Enderson tirou o camisa 9 e colocou Élber em campo.

A mudança surtiu efeito. Aos 36 minutos, Elber fez a jogada do lado direito e cruzou na medida para Edigar Junio – levemente impedido – raspar de cabeça, vencer o goleiro Júlio César e decretar o empate baiano no Maracanã. Após o empate, o Fluminense se viu obrigado a sair para o jogo, e até fez uma certa pressão, mas nada que preocupasse o tricolor, que conquistou o seu segundo ponto fora de casa no Brasileirão.

Agora, o Bahia volta as atenções para Sul-Americana. Nessa quarta-feira (8), o tricolor encara o Cerro-URU, em Montevidéu, pelo jogo de volta da segunda fase da competição internacional. Na ida, 2×0 para o Esquadrão, que pode perder por até um gol que se classifica para as oitavas de final.

Fonte: Correio

 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias