Bibi Gourmet

Geral

seg , 18/12/2017 às 16:05

Projeto Tamar é reaberto em Arembepe após meses em manutenção

O Centro de Visitantes do projeto Tamar, em Arembepe, reabriu no início do mês com muitas novidades. Após alguns meses em manutenção, funcionando apenas para grupos agendados, o espaço trouxe mais opções de entretenimento para os cerca de 3 mil visitantes, por mês, que visitam o local durante o verão, tendo destaque para a alimentação assistida, sempre às 15h30, e soltura de filhotes aos finais de semana, em frente a base, às 16h. O espaço ganhou ainda novas informações interativas e exposição, tornando-se mais uma atração da Costa de Camaçari.

Quem visita o local tem a oportunidade de aprender e refletir sobre a conservação marinha e as ameaças causadas pelo homem às tartarugas através de dioramas (quadro de grandes dimensões que, submetido a luzes especiais, muda de aspecto, forma e cor, criando efeitos tridimensionais e de movimento). Grupos pré-agendados contam com acompanhamento de pesquisadores que passam informações detalhadas sobre a conservação e a proteção das tartarugas marinhas em todas as fases do ciclo de vida.

As pessoas que vão ao Centro, contam ainda com museu interativo, exposição Encantos da Escolinha do TAMAR e o Submarino Amarelo, construído de materiais recicláveis e que reproduz o fundo do mar. O espaço possui também tanques de observação das tartarugas e de toque de animais marinhos, modelo de cercado de incubação de ovos, além de outros elementos de sensibilização e informação.

A base de Arembepe é responsável por monitorar as praias a partir do farol de Itapuã até a foz do rio Jacuípe. No município, são monitorados diariamente 27 quilômetros de praia, partindo de Busca Vida até a praia de Berta, na foz do rio Jacuípe. A atuação do projeto, nesse perímetro, representa a realização, em média, de 60 solturas por ano. Cerca de 300 mil filhotes são protegidos e liberados, por ano.

Conhecer o Centro é uma ótima opção de lazer e conhecimento em qualquer época do ano, mas ganha destaque durante o verão. Os interessados podem visitar de terça a domingo, das 9h às 17h. O acesso custa R$10 a inteira e R$5 a meia. Crianças até 5 anos, entram gratuitamente. O mesmo se aplica a membros da comunidade, apresentando comprovante de residência, e portadores de necessidades especiais. A meia-entrada é concedida às crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, idosos, estudantes e professores.

O Centro de Visitantes de Arembepe fica em Camaçari, ao lado da Aldeia Hippie, a 30 quilômetros de Salvador. Foi criado em 1992, junto com a base de pesquisa, e está instalado numa área de 6 mil metros quadrados, que foi desapropriada pela Prefeitura de Camaçari. O local tem papel importante para a divulgação do projeto e de conscientização das comunidades do entorno, uma vez que a maior parte dos visitantes é da Região Metropolitana, área que concentra grande quantidade de desovas.

Foto: Projeto Tamtar

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias