Comfiaço-tramontina

Geral

qua , 13/12/2017 às 12:41

Seminário em Salvador discute crescimento econômico da Bahia a longo prazo

As estratégias e propostas para promover o crescimento econômico da Bahia a longo prazo foram discutidas durante o Ciclo de Seminários Temáticos do Plano de Desenvolvimento Integrado (PDI) Bahia 2035 nesta terça-feira (12), no auditório da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-BA), em Salvador. Promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), o evento reuniu o secretário da pasta, Jaques Wagner, gestores e pesquisadores, que participaram do seminário ‘Modelos de Desenvolvimento para o Brasil’.

 

Segundo Wagner, a previsão é que o PDI fique pronto em março de 2018, quando será encaminhado ao governador Rui Costa. “Nós estamos numa crise e ninguém caminha sem planejamento. Esta é uma encomenda do governador Rui Costa e representa a preparação de futuro. Com isso, teremos condições de nos preparar para enfrentar dificuldades ou momentos de oportunidades”, explica.

O PDI pretende elaborar um modelo de desenvolvimento econômico baseado na inclusão dos atores sociais e com boas condições de competitividade para a Bahia. Para isso, o trabalho está sendo realizado em duas etapas. A primeira delas envolve a discussão com a sociedade, para que sejam captadas as suas contribuições, e o esclarecimento sobre os objetivos do PDI 2035. Já a segunda fase engloba eventos que pautam temas estratégicos e perspectivas para o futuro, além de modelos de desenvolvimento.

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico ressalta a importância da participação da sociedade no processo. “Contamos com a contribuição do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, fermentando e ouvindo a sociedade nos territórios, para que possamos somar economia com a experiência local de quem vive os problemas no dia a dia. A expectativa é entregar um bom produto e que oriente o programa de governo”, afirma Wagner.

O presidente em exercício da Fecomércio-BA , Kelsor Gonçalves Fernandes, destaca o caráter estratégico da iniciativa. “Para nós, enquanto representantes do comércio em geral, é muito importante participar desse debate que envolve o planejamento do estado a longo prazo. As propostas que estão sendo apresentadas e discutidas contam com a nossa total concordância, pois são amplas e abrangem as diversas áreas”.

Agecom

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias