Comfiaço-tramontina

Política

sex , 01/12/2017 às 10:19

Cai diferença entre Neto e Rui na briga pelo governo

O Instituto Paraná Pesquisas divulgou nesta quinta-feira, 30, pesquisa sobre a intenção de voto dos baianos para as eleições do Governo do Estado em 2018. De acordo com o levantamento, o prefeito ACM Neto (DEM) mantém a preferência do eleitorado baiano com uma margem de 15,3 pontos frente ao governador Rui Costa (PT).

 

Na pesquisa o democrata obteve 49% e o petista 33,7%. Apesar da liderança, os números mostram uma queda da distância entre os políticos. No levantamento realizado em junho, Neto tinha 56,4% e Rui, 25,8%, portanto, o prefeito teve uma queda de 7,8 pontos percentuais, enquanto o atual governador obteve uma elevação de 7 pontos percentuais.

 

Roberto Tadeu da Luz (PRTB) e Fábio Nogueira (PSOL) aparecem um pouco mais distantes na pesquisa, com 2% e 1,5% respectivamente. O Instituto também levou em consideração um cenário de segundo turno entre os gestores. Na simulação Neto segue na frente com 50,6%, contra 35,8% de Rui.

 

Foram entrevistados 1.576 eleitores em 72 municípios baianos entre os dias 16 e 21 de novembro de 2017. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiança, 95%. Dos entrevistados, 7,8% disseram que não escolheriam nenhum dos candidatos e 5,9% não souberam ou não opinaram.

Repercussão

Para o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB) a diminuição da diferença dos números entre Neto e Rui indica o avanço do “favoritismo” do governador junto ao povo baiano. De acordo com o parlamentar, a força do governador vem da aproximação com a população.

 

Daniel diz que a força de Rui vem das obras que o petista realiza pelo estado. “As obras que estão sendo feitas são fundamentais, na área hídrica, pavimentação de estradas, a elevação da gestão na área da educação e o grande investimento na área da saúde, com inaugurações de policlínicas e hospitais”, finaliza.

 

Para Cacá Leão (PP), a saúde é um dos principais pontos positivos da gestão do governador. “Entre diversos méritos, a regionalização da saúde é uma marca da gestão dele, que gera e ainda vai gerar grandes frutos para Bahia”, disse.

 

O deputado José Carlos Aleluia (DEM) diz que o trabalho de Neto na área do turismo está entre os pontos principais de sua gestão. “A população baiana está cansada de politicagem, ela quer resultados e Neto mostra capacidade de gerir resultados. Ele pegou a prefeitura, administrou de forma competente e hoje tem dinheiro em caixa e pode resolver os problemas.

 

Aleluia também lembra que o prefeito ainda nem anunciou se vai ser candidato. “Isso mostra um descontrole do governador que, embora esteja em campanha aberta, tende a ficar com medo de alguém que nem anunciou que é candidato”.

 

Apesar da crítica do democrata Aleluia, o deputado Cacá Leão, do PP, acredita que a disputa de ambos é de gestão e não política. “O prefeito ACM Neto ainda nem anunciou se vai ser candidato. Então, o que eu vejo é uma disputa de gestão de forma saudável, mostrando quem trabalha mais. Isso indica o alto índice de aprovação dos dois governantes e quem ganha é o povo, nas obras na capital e no interior”, diz Cacá.

 

Potencial

34,7% de eleitores dizem que podem votar em Neto enquanto 32,3% afirmam que o escolheriam. Para Daniel Almeida, a boa avaliação do prefeito é por conta
do apelo midiático.

 

A pesquisa ainda avaliou o potencial eleitoral do prefeito. Cerca de 34,7% de eleitores declararam que poderiam votar nele, enquanto 32,3% afirmaram que com certeza o escolheriam. Para Daniel Almeida, essa boa avaliação de Neto é por causa do apelo midiático por trás de democrata.

 

Segundo Daniel, Neto é muito mais um “marqueteiro” do que um gestor. “O ACM tem uma gestão bem avaliada muito mais pelo uso midiático que ele faz. Ele é eficiente nos eventos, como carnaval, virada do ano, isso até traz um impacto na economia, entretanto o barulho é bem maior, ele é muito mais marqueteiro do que gestor público, a capacidade de venda de mídia dele é extraordinária e não corresponde com o que ele vem fazendo em Salvador”, pontua o deputado.

 

Já o deputado Márcio Marinho (PRB) acredita que essa aprovação do prefeito é um desejo de mudança do povo baiano. “O prefeito tem feito uma boa gestão na capital. Ele transformou a cidade em serviços que impactam na vida da população e isso é um sentimento que a população do interior também deseja. Eles querem uma renovação e uma nova oportunidade”, afirmou.

Fonte: A Tarde

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias