Prefeitura_Novo_PA

Geral

seg , 30/10/2017 às 10:06

Termina terça (31) prazo para reenquadramento no Simples

As 1.840 empresas que perderam o enquadramento no Simples Nacional em Camaçari, devido ausência de inscrição municipal em decorrência de falta de documentos como a certidão imobiliária, têm até amanhã (terça-feira, 31) para irem até a sede da ACEC-CDL, em Camaçari, e ingressar na ação coletiva que as entidades estão movendo para reenquadrar todas as empresas ao Simples.

 

“Essa ação é fruto de inúmeras reuniões que tivemos com a Secretaria da Fazenda de Camaçari. Contudo, o prazo que temos para entrar com essa ação de reenquadramento coletivo é até amanhã. Por isso é importante que os empresários atingidos nos procurem com urgência na sede da ACEC-CDL”, explica Jurandi Luz, vice-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Camaçari.

 

Com a perda do Simples Nacional, essas 1.840 passam para o regime tributário de Lucro Presumido. Na prática isso representa um aumento na carga tributária entre 150% e 300%. “Temos empresas que pagavam R$ 50 mil por ano de impostos no Simples. E agora que passaram para o Lucro Presumido pagarão cerca de R$ 132 mil. Pior são os casos de empresas que pagavam R$ 300 mil/ano e pagarão mais de R$ 1 milhão. Por isso precisamos que todas nos procurem até amanhã para garantirmos o retorno ao Simples Nacional”, afirma Jurandi.

 

Para fazer parte da Ação Administrativa, e conseguir o reenquadramento, é preciso que os contadores ou representantes legais dessas empresas procurem a equipe da ACEC-CDL o quanto antes, pois o prazo para dar entrada na Ação Administrativa até o dia 31 de outubro.

Ascom: ACEC e CDL

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias