Bibi Gourmet

Geral

qua , 25/10/2017 às 15:26

Salão Imobiliário da Bahia começou nesta quarta (25) e segue até domingo  com 2.600 imóveis

Começa nesta quarta-feiram 25, o Salão Imobiliário da Bahia, com 2.600 imóveis residenciais e comerciais ofertados por 23 incorporadoras. O evento segue até domingo, 29, das 9h às 21h, no estacionamento do 3º piso do Shopping da Bahia. No último dia, o salão fecha mais cedo, às 20h. A entrada é gratuita.

 

 

A Associação de Dirigentes de Empresa do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), organizadora do salão, espera cerca de mil visitantes por dia e a geração de R$ 50 milhões em negócios. No ano passado, foram R$ 36 milhões.

 

“Esse otimismo se dá por um conjunto de fatores: baixa inflação, confiança na recuperação do país, taxas de juros menores e imóveis ofertados em conclusão ou já lançados”, afirma o presidente da Ademi-BA, Cláudio Cunha.

 

O número de imóveis ofertados este ano será menor que em 2016. No ano passado, foram mais de seis mil unidades. De acordo com a associação, a queda se deve à falta de lançamentos e à comercialização dos imóveis disponíveis.

 

Oportunidades

No evento, a Caixa Econômica Federal, o Bradesco e o Banco do Brasil oferecem condições especiais para financiamentos. De acordo com as instituições, será possível financiar até 90% do valor do imóvel.

 

Segundo as instituições, as taxas de juros para financiamento serão de, no mínimo, 9% para imóveis residenciais e a partir de 11,55% para comerciais. “Um diferencial do salão é que as salas comerciais poderão ser financiadas em até 30 anos”, diz Cunha.

 

O presidente da Ademi-BA espera que a venda de imóveis comerciais para aluguel melhore. A aposta de Cunha é que, com as sucessivas reduções na taxa básica de juros (Selic), o aluguel volte a atrair investidores. “Com as quedas no juro, as aplicações financeiras tendem a render menos”.

 

O superintendente do Banco do Brasil, Carlos Mota, ressalta que a instituição vai oferecer linhas de financiamento com seis meses de carência e também a possibilidade de o cliente escolher um mês para adiar o pagamento da parcela.

 

Assim como as instituições financeiras, as incorporadoras também oferecem condições especiais no salão. “Os imóveis que estão ofertados foram lançados a até quatro anos e os preços condizem com o momento do lançamento”, diz Cláudio Cunha.

 

Os descontos, segundo a associação, chegam a R$ 100 mil no preço total da unidade. A previsão de Cunha é que, com a recuperação do mercado, os descontos diminuam e os preços aumentem.

 

O preço dos imóveis começam a partir de R$ 99 mil. Entre os residenciais, os mais devem ser os de até dois quartos, segundo a Ademi-BA.

Fonte: A Tarde

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Mais Notícias

Mantenha-se Informado!

Deixe seus contato para receber nossas notícias